O QUE FAZER QUANDO JÁ NÃO EXISTE AMOR?

O momento em que percebemos que o nosso relacionamento não tem futuro é duro e doloroso. É um reconhecer da chegada ao ponto de não retorno, quando já só existe distância entre ambos, a confiança desapareceu e estar longe do outro significa “alívio”. E sim, obviamente que o amor pode ser recuperado (e aqui pelo blog, vais encontrar muitos artigos sobre assunto) mas também existem casos em que percebes claramente que não há volta a dar.

Se são estes sentimentos que te estão a invadir, se fazes planos sem o teu companheiro, se já não falam e se, acima de tudo, não há esforço para trabalhar na relação e só existe tristeza, é porque o amor terminou e este é o momento para terminar a relação.

O que fazer quando o sentimento desapareceu?

O momento do término não é nunca um momento fácil, no entanto esta é a atitude justa a ter com o teu companheiro. Se o amor acabou, não faz sentido estar numa relação e continuarem a investir o vosso tempo em algo que já não faz sentido, por isso a sinceridade é o melhor caminho. Fala com o teu companheiro, explica-lhe o que sentes, certifica-te que escolhes a ocasião indicada e, acima de tudo, sê empática.

Normalmente, é comum que já ambos estejam a sentir essa distância e que esta conversa não seja surpresa, mas ainda assim a empatia é crucial para garantir que fecham a relação de uma forma pacífica e de um modo que vos permita recordar o relacionamento com o carinho e respeito que merece.

 

Certifica-te apenas que és sincera com as tuas emoções e que, por muito duro que seja, não cedes na tua decisão. Novamente, estas conversas são sempre momentos muito intensos e emotivos e chega inclusive a ser comum que os sentimentos se confundam, apenas pela ideia de saíres daquela que é a tua zona de conforto. Acredita, se já não existe amor e se efetivamente já não existe vontade de ambos para lutar pela relação, estarem a manter-se juntos é simplesmente adiar o inevitável.

O que fazer para ultrapassar a relação?

Os passos seguintes passam por voltares a redescobrir o teu eu depois da relação. Aqui, normalmente o ideal é que faças um trabalho muito grande de autoconhecimento e de investimento em ti mesma, de forma a que possas “encerrar” a relação anterior. Compreende aquilo que possa ter corrido mal e, acima de tudo, não te culpabilizes. Não fiques, no fundo, a chorar por atitudes que não podes remendar e foca-te em olhar para as aprendizagens que podes retirar desta relação e trazer para as próximas. Sê positiva com o futuro e olha para as próximas relações com uma perspectiva positiva, focada naquilo que queres ao invés de daquilo que não queres. Este momento de término tende a ser também um ótimo momento para pedires ajuda profissional, exatamente para fechar o capítulo e eliminar os fantasmas da relação que podem ter ficado para trás.

No fundo, investe em ti mesma. Investe em conhecer-te, em ser feliz contigo mesma e a desfrutar em pleno da tua companhia. Garante que não estás a “tapar” uma relação com a outra e que, no fundo, estás naquela que é a tua melhor versão antes de te entregares e começares a procurar por um novo romance. Altera também as tuas rotinas e desafia-te a fazer algo diferente. Deixa de frequentar os espaços que costumavas frequentar, arrisca-te num novo hobbie e explora partes de ti que possam ter ficado perdidas na tua relação anterior. Por exemplo, contacta amigas com quem possas ter perdido alguma conexão e reata essas amizades (quem sabe até, podem permitir-te entrar em novos círculos que te permitam conhecer novas pessoas).

Celebra-te. Coloca a tua felicidade em primeiro lugar e foca-te no positivo que te rodeia e nos próximos capítulos que ainda estão para vir – esse é o segredo. Com o coração e a cabeça nos sítios certos, de certeza que vais conseguir chegar à relação que realmente ambicionas.

Se precisares de ajuda nesse sentido, já sabes que podes contar com o nosso CÓDIGO DO AMOR, o curso que te vai dar todas as ferramentas para que possas trabalhar em ti mesma e mostrares ao teu próximo companheiro como és a mulher da sua vida. Inscreve-te já! https://pt.eduardotorgal.com/codigo-do-amor

 

SE GOSTOU, PARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on skype
Share on print

Deixe uma resposta